Início/Apple, Apple Watch, Saúde/John Hancock lança programa de que usa o Apple Watch como monitor de saúde e vê seus clientes aumentarem em 52% os dias de exercícios de alta intensidade.

John Hancock lança programa de que usa o Apple Watch como monitor de saúde e vê seus clientes aumentarem em 52% os dias de exercícios de alta intensidade.

9 de janeiro de 2019|

Uma empresa de seguros de vida chamada John Hancock, fundada em 1862, lançou há alguns um programa em que o cliente pode adquirir um Apple Watch por valor inicial de U$ 25 (na loja da Apple, custa U$ 399). Então se durante um mês você acumular 500 pontos em atividades físicas como andar, correr, nadar, pedalar ou qualquer outro exercício, você não paga nada. E mantiver esse ritmo, depois 24 meses, o relógio exxxxpertinho é seu! Além de ter melhorado a qualidade de vida.

Em novembro de 2018, a empresa divulgou um estudo com 400 mil pessoas nos EUA, Inglaterra e África do Sul e concluiu que àquelas pessoas que usavam Apple Watch e participavam do programa, intensificaram em 34% exercícios em comparação as que não usava o smartwatch. Só nos EUA, indivíduos com altos níveis de inatividade tiveram uma melhora de 200% no índice de massa corporal.

A plataforma de saúde que estou desenvolvendo segue o mesmo princípio. Com a diferença que irá ser pro-ativa. Os profissionais da saúde elaboram seus planos para você e a plataforma se encarrega de fazer com que você cumpra e ainda ganhe vantagens.

Fico muito feliz em saber que, para variar, nos EUA as coisas caminham rápido, mesmo com empresa tradicionais (essa empresa tem 157 anos).

Saiba mais acessando o site da John Hancock.

Sobre o Autor:

Por conta do vício em tecnologia, sou chamado de usuário.... mas quem não é? Mas sóbrio o suficiente para saber que é apenas um meio. O que realmente importa é são resultados produzidos!