Início/IBM, Inovação, Inteligência Artificial, Watson/Escritório Urbano Vitalino fala sobre ganho de produtividade com o uso do Watson

Escritório Urbano Vitalino fala sobre ganho de produtividade com o uso do Watson

14 de junho de 2018|

Urbano Vitalino Neto, diretor-presidente do escritório, irá falar como o robô, adotado pelo escritório no ano passado, tem ajudado nas tarefas operacionais

No próximo dia 06, o Urbano Vitalino Advogados, escritório com 80 anos de atuação no direito empresarial, em áreas como contencioso cível e penal, participará do Think Brasil 2018, um dos principais eventos de tecnologia realizado pela IBM e um dos mais importantes do segmento no País. O objetivo do encontro é mostrar as novidades que as empresas estão adotando para atender às novas demandas de mercado.

O Think Brasil 2018 tem como objetivo apresentar novas tecnologias associadas ao uso da Inteligência Artificial, além de soluções em nuvens, blockchain e computação quântica, ferramentas que estão em fase inicial, mas com alto potencial revolucionário para a humanidade. Na ocasião, Urbano Vitalino Neto, diretor-presidente do escritório, que tem usado o Watson, robô de inteligência artificial da IBM, desde o ano passado, irá abordar como a ferramenta ajudou a aumentar a produtividade.

No dia a dia, a Carol, como o robô foi apelidado dentro do escritório, está colaborando diretamente com os advogados para o cadastramento de processos no sistema interno, a partir da leitura de informações básicas, como a vara e a cidade relacionada ao processo. A assistente virtual já consegue entender os termos jurídicos e ler também os documentos juntados como prova fornecidos pelos clientes.

“Ao fazer o cadastramento de informações no sistema do escritório, por exemplo, o índice de acerto humano é de 75%, com o Watson chega a 95%”, explica Urbano Vitalino Neto, diretor-presidente do escritório

Atualmente o robô está em treinamento para a segunda etapa de implementação. Assim, ele será capaz de auxiliar os advogados com indicação de subsídios, ou seja, documentos que podem ser anexados ao processo, informações sobre sentenças de casos parecidos, dados sobre posicionamento de magistrados e dos tribunais, e ainda a legislação atual para cada caso, aumentando significativamente as chances de vitória.

A terceira e última fase envolverá ações mais estratégicas, relativa a análise não estruturada de dados dos clientes, para encontrar pontos que possam ser melhorados e promovam a redução do volume de ações judiciais feitas contra a empresa. Como, por exemplo, a correção da política de jornada de trabalho com o propósito de reduzir horas extras.

“Nosso objetivo é automatizar algumas atividades repetitivas e direcionar a força de trabalho intelectual dos nossos advogados para funções mais estratégicas, como o próprio atendimento e orientação aos clientes”, comenta Urbano Vitalino Neto.

Sobre o Urbano Vitalino Advogados

Com 80 anos de existência, o escritório Urbano Vitalino conta com uma equipe de mais de 600 profissionais, entre eles advogados com formação intelectual e profissional sólida, diversas especialidades e perfis diferenciados que abrangem todas as áreas do Direito. O Urbano Vitalino Advogados atua na área do Direito Empresarial, Penal, Médico e tem experiência reconhecida em advocacia contenciosa (disputas judiciais, negociação e solução de conflitos) junto ao Poder Judiciário e a diversos órgãos da Administração Pública. Também presta consultoria de forma personalizada nas áreas do direito trabalhista, tributário, imobiliário, societário, ambiental, administrativo-econômico, propriedade intelectual, entre outros ramos.

O Urbano Vitalino Advogados tem unidades próprias em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Natal (RN), João Pessoa (PB), Angola (África) e em Recife (PE). Além disso, mantém parcerias com escritórios dos Estados Unidos, da América Latina e da Europa. O escritório Urbano Vitalino Advogados foi fundado em Garanhuns (PE), em 1937.

Fonte: https://exame.abril.com.br/negocios/economidia/em-evento-da-ibm-escritorio-urbano-vitalino-fala-sobre-ganho-de-produtividade-com-o-uso-do-watson/

Sobre o Autor:

Por conta do vício em tecnologia, sou chamado de usuário.... mas quem não é? Mas sóbrio o suficiente para saber que é apenas um meio. O que realmente importa é são resultados produzidos!