Início/Empresas/IBM/Watson/Palestra “Desvendando a computação cognitiva com o IBM Watson” no Grupo Portfolio

Palestra “Desvendando a computação cognitiva com o IBM Watson” no Grupo Portfolio

15 de setembro de 2017|

Nessa quinta-feira (14/09), o Grupo Portfolio promoveu evento gratuito sobre IBM Watson, o primeiro de uma série que serão produzidos, com a palestra “Desvendando a computação cognitiva com o IBM Watson”, ministrada pelo Arquiteto de Soluções IBM Watson do Grupo Portfolio, Dairan Temoteo.

A palestra foi voltada para profissionais de Tecnologia da Informação que atuam no segmento de saúde e teve como objetivo apresentar o uso de APIs de computação cognitiva do IBM Watson, para que o especialista crie desde sua própria Siri até aplicações que ajudam no combate ao câncer.

O diretor executivo do Grupo Portfolio, Cassio Germano, fez a abertura e afirmou que a série de eventos tem como intuito criar um ambiente para discutir coisas novas, apresentar trabalhos realizados, contribuir com ideias e solucionar dúvidas, além de proporcionar networking.

Segundo Dairan Temoteo, o IBM Watson é uma solução de inteligência cognitiva, desenvolvida para pensar como os humanos e auxiliar na análise de grandes volumes de dados e gerar informações e sugestões preditivas de decisão no mundo dos negócios.

O Grupo Portfolio já implementa a ferramenta na prática de seus clientes. Para isso, obteve certificação técnica e comercial para estar apto a vender a solução. Com mais esse passo, mantém o foco em fornecer valor de negócios, em ter uma abordagem incremental que permite provar rapidamente esse valor com um único projeto, construindo competências e habilidades que se estenderão para todos os seus clientes.

A série de eventos realizada pelo Grupo Portfolio atenderá as demandas do mercado e as datas serão divulgadas de acordo com o fechamento das palestras.

Fonte: Com muita criatividade e inovação, Grupo Portfolio promove evento sobre IBM Watson – Grupo Portfolio

Sobre o Autor:

Por conta do vício em tecnologia, sou chamado de usuário.... mas quem não é? Mas sóbrio o suficiente para saber que é apenas um meio. O que realmente importa é são resultados produzidos!